Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
QUINTAS DE LEITURA - ANDA A GENTE A CRIAR UM FILHO PARA ISTO

QUINTAS DE LEITURA - ANDA A GENTE A CRIAR UM FILHO PARA ISTO

Teatro & Arte | Poesia

Teatro do Campo Alegre

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
mar
22
Realizado

Duração

90 minutos

Promotor

Câmara Municipal do Porto

Breve Introdução

22 de Março de 2018
Auditório do Teatro Campo Alegre


ANDA A GENTE A CRIAR UM FILHO PARA ISTO

17 anos e muitos desafios depois, eis-nos chegados à sessão número 200 deste ciclo, na companhia de Valter Hugo Mãe.
Escritor, editor, artista plástico, apresentador de televisão e cantor, Valter é uma das figuras mais destacadas e fascinantes da cultura portuguesa contemporânea.
Oportunidade única para folhearmos e vibrarmos, antes de todos, com o seu novo livro - poesia reunida, com muitos inéditos à mistura. Poesia para comer, poesia flagrante, furiosa e purificadora. Poemas que cheiram a liberdade, coisinhas preciosas para engordar a alma.
Valter Hugo Mãe, Maria João Costa (apresentação), Filipa Leal e Pedro Lamares (leituras), e Wolney Fernandes (imagem) dão corda ao Sonho. Ajudam a noite a "procurar palavras em fogo", dizemos.
A fechar, a voz encantatória de Márcia restaura o assombro e a inocência.

Sigamos o Poeta: "quem deixou sobre o coração / um feixe de luz / não cega nunca".

IMAGEM: Wolney Fernandes

Partilhar
ASSINATURA 7
Colecção de Postais do Museu Romântico